Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Mais um dia debaixo do sol

 
 



Aqui ando, sem muito para contar, entre as noites mal dormidas  a ver se respira, a estar atenta a ruídos estranhos na noite.
A brincadeira já se repetiu e eu tinha ido a pilates. Uma hora, apenas uma hora.
Esta semana já não fui.

Sinto-me com uma calma estranha, uma anestesia boa. A força que preciso para levar a água ao moinho.

Estamos vivos e é o que importa.




Sem comentários: