Número total de visualizações de página

sábado, 14 de maio de 2011

Desafio literário

Recebi este desafio da Ana e a Vida e  Utena  que vou responder. Os livros são grandes companheiros e trazem-me outros mundos que me completam. Vou deixar de certeza muitos de fora, mas vamos a isso:

1 - Existe um livro que lerias e relerias várias vezes?
Brumas de Avalon da Marion Zimmer Bradley. 4 vezes e a caminho da próxima.

2-Existe algum livro que começaste a ler, paraste,recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
O Regresso de Victoria Hislop. Kanervos, não passo do tereceiro capítulo

3 – Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria?
As Brumas de Avalon e Mia Couto (qualquer um)

4 – Que livro gostarias de ler mas que, por algum motivo, nunca leste?
Todos os que me faltam e que virão até mim. Apetece-me redescobrir José Saramago

5 – Que livro leste cuja cena final jamais conseguiste esquecer?
Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley

6 – Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual era o tipo de leitura?
A minha mãe conta que eu aos 3 anos “lia” de cor com o pormenor de virar a a página no sítio certo. Enganava o pessoal na perfeição. Li Volta ao mundo em balão em 80 dias de Júlio Verne, Robinson Crusoe, A Ilha do Tesouro, Astérix (perdeu a piada com a morte do Goscinny) Sandokan (todos) de Emílio Salgari...

7 – Qual o livro que achaste mais chato mas ainda assim leste até ao fim? Porquê?
Viagens na minha terra - Almeida Garrett fazia parte do programa escolar

8 – Indica alguns dos teus livros preferidos.
Para além dos que já mencionei temos: O Princepezinho -  Saint Exupéry, Pilares da Terra – Ken Follett, Fazes-me falta – Inês Pedrosa, Kafka à beira mar – Haruki Murakami, Sinto Muito – Nuno Lobo Antunes, Contos do Nascer da Terra – Mia Couto, A Gárgola – Andrew Davidson e tantos outros. Gosto de José Luis Peixoto, António Lobo Antunes e Fernando Pessoa, pois claro.

9 – Que livro estás a ler neste momento?
A reler Capitães da areia de Jorge Amado e Tradutor de Chuvas do Mia Couto.

10 – Indica dez amigos para o Meme Literário.
Descupem qualquer coisinha, mas responda quem quiser.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Há quem consiga

"Never give up on someone you can't go a day without thinking about"

 
Era uma data especial. Não é todos os dias que um filho faz 18 anos. Pode nem mudar nada na rotina, podem continuar iguais a ontem mas há sempre um lado qualquer da história que assume outros contornos.
Não consigo entender a teimosia, estupidez, falta de humildade e bom senso de qualquer mãe/pai que se demite dos filhos.
Que se ganha com tais atitudes? Não é a vida o bastante clara e justa para mostrar caminhos? Para ensinar que os erros servem para ser corrigidos?
Os orgulhos falam mais alto. Há lágrimas que jamais deveriam ser derramadas por não haver quem as mereça.

Já basta quando ficamos orfãos e deixamos de ter a quem pertencer.

Parabéns Filha

 VERNIZ

"No degrau da rua,
a moça pinta as unhas.

Dobrado em lua,
seu corpo tem a delicada intenção de ourives:
na decimal tela das mãos
inventa lábios
que o destino irá beijar.

Fadigosa obra,
tão incontáveis os dedos da vaidade.

A moça demora-se
mais que a derradeira luz
e as velhas passam e benzem-se,
limpando lembranças
de suas primeiras mãos.

Afinal, não é o corpo
o que a menina pinta.
O verniz vermelho,
como salpicados coágulos.
lhe amortalha o gesto.

Debaixo da tinta
uma morte se oculta:
a sua,
da menina tão menina
que nem precisava de ser linda."

Mia Couto

quarta-feira, 4 de maio de 2011

I miss you

A warning sign,
I missed the good part then I realized,
I started looking and the bubble burst.
I started looking for excuses.

Come on in,
I've gotta tell you what a state I'm in,
I've gotta tell you in my loudest tones,
That I started looking for a warning sign.

When the truth is,
I miss you.
Yeah the truth is,
That I miss you so.

A warning sign,
You came back to haunt me and I realized
you were an island and I passed you by,
You were an island to discover.

Come on in,
I've gotta tell you what state I'm in,
I've gotta tell you in my loudest tones,
That I started looking for a warning sign.

When the truth is,
I miss you.
Yeah the truth is,
That I miss you so.

And I'm tired,
I should not have let you go.

So I crawl back into your open arms.
Yes, I crawl back into your open arms.
And I crawl back into your open arms.
Yes, I crawl back into your open arms...

http://youtu.be/h8oTT9r9978