Número total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

As outras

 
 
 
 


Ando às voltas com as outras que há em mim. Discutem, pensam livremente, sofrem, sentem saudades, vibram com esperança. E cansam-me. Aprisionam-me.
É só.
Volto um dia destes.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

World Press Photos, a dor



 
Paul Hansen
 
 
 Samuel Aranda
 
 
 Rodrigo Abd
 
 
 Paul Hansen



Por enquanto o meu mundinho é melhor e estou a salvo. Mas nunca se sabe até quando.


quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Ganhei um selo!!!





Olha que agradável surpresa! Gosto destas tretas (não vindas de toda a gente, confesso) Mas vindo de Os Sabores do Vento, do Eolo querido, é irrecusável.
Diz ele que:
" Este selo apareceu nos finais de 2010, inicialmente dado a bloggers com menos de 3000 seguidores em que o presenteado escolhia 3 a 5 nos mesmos moldes, desta forma acabamos por conhecer blogs onde dificilmente iríamos chegar."

Consiste em responder às 11 perguntas que ele coloca em tom de desafio e, creio ter entendido, que depois farei eu umas perguntinhas que passarei aos blogues que me apetecer escolher.
Ora vamos a isto:

1. Qual é o teu bolo favorito?

Bolo de chocolate, de nozes e cheese cake.. O Eolo, tem-me prometido estes (e outros acepipes), mas a distância nem sempre é favorável à engorda.

2. Vampiros, lobisomens ou zombies?

Eu é mais lobisomens, uivos e lua. Zombie já sou às vezes e sangue faz-me desmaiar.

3. Tens algum livro que tens voltado a ler ao longo dos anos, qual?

As Brumas de Avalon . Quando me sinto meia perdida, encontro-me naquele universo.

4. Se fosses um super-herói serias...



Super heróis nem por isso, mas gosto de personagens. Geralmente bruxas, ou mulheres coragem.
Lembrei-me da Maga Patalógica e da Madame Min. A Morgana.

5. Oprah Winfrey ou Ellen Degeneres?

Gosto das duas. Pela história de vida e "coragem" de assumir o que se é, sem rodeios com frontalidade, bom humor e procura da essência do ser humano.

6. Qual a tua série/filme preferido?

Pois que são vários. As Horas (que vejo sempre que preciso de chorar e a coisa dá-se). Gosto de finais tristes, que me façam encontrar respostas quando o filme acaba.

7. Qual a tua memória de infância preferida?


Tudo em África (Moçambique) até aos 11 anos. A liberdade dos acampamentos na praia, o nascer sol, o colo do meu pai.

8. Pizza ou sushi? (Sim, a comida para mim é importante)

Adoro Sushi, mas pizza também marcha. Gosto de comer, é uma desgraça.

9. Qual é o teu perfume preferido?

J'Adore e Eau D'Iissey

10. Se pudesses alterar uma coisa no teu passado, consequência de uma acção directa tua, qual seria?

Esta é difícil. Talvez não tivesse começado a fumar, ou casado...mas não teria a filha maravilhosa que tenho, nem a aprendizagem que a vida me deu.

11. Qual a tua canção deprimente preferida? (Eu chamo-lhes de dor de corno, mas isso sou eu)

Com dor de corno sou muito dramática. Um faducho do desgraçadinho,  por exemplo faz-me lavar as pedras da calçada.

http://youtu.be/qPN_RZpZz8g

 Mas há mais:

http://youtu.be/JNbnFVBVnz0


E agora as perguntas, normalitas, não se assustem.


1. Que queres ser quando fores grande?
2. Se te concedessem 3 desejos quais seriam?
3.Bebida preferida?
4. Duche ou banho de imersão?
5 Praia ou montanha?
6. Dia ou noite?
7. Filme da tua vida
8 Banda/músico preferido
9. Doces ou salgados?
10. Algum medo? De quê?
11. Gostas de quem vês no espelho?


Blogues premiados

Coisas de Feltro
Digo Eu Com Os Nervos
http://minhaestrelamaior.blogspot.com/
Keep Smiling

Divirtam-se.












Quando os ratos abandonam o barco


 


Não é a primeira vez que de alguma forma e, por circunstâncias várias, o barco da minha vida vai ao fundo. Naufraga. Total ou parcialmente, com mais ou menos danos, reparáveis ou nem por isso.
Não é a primeira vez que digo: desta aprendi a escolher quem me rodeia, a valorizar quem vale a pena, a acreditar no que conta, em quem fica ao meu lado para o que der e vier.
No entanto, aquele meu lado que acredita em fadas, duendes, pai natal ou simplesmente simplicidade, veracidade e honra, continua a ser posto à prova, com criaturas que aparecem e desaparecem à velocidade da luz, sobretudo se dependerem da minha boa disposição, disponibilidade por inteiro na capacidade/vontade de ajudar e aconselhar quando é preciso, estar presente, o que nem sempre acontece, que sou de carne e osso e também hiberno nas profundezas dos meus infernos.
Sim, há pessoas que se compram, logo vendem-se. Por muito pouco eu acho, que os ciclos da vida existem para nos redirecionar. E falo também de mim. Das minhas escolhas, com as quais tenho de viver, para o bem e para o mal.
Poucos são aqueles que me ajudaram a salvar o barco. Os outros são ratos, cobardes e nojentos que se atiram à água.

Espero que haja salva vidas para todos.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013