Número total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Ilusões, uma faca de dois gumes.

Embora tenha este filme, evito vê-lo. Lembro-me que no cinema chorei tanto que saí quase cega, com dor de cabeça. Este sábado passou na TV e fui ficando...Asneira!!

Faz-me lembrar daquilo que quero esquecer: que não sou livre!
Que as minhas ilusões, as castro à nascença. E que vivo noutras...pobre de mim.
Que por muito que o meu pensamento seja de facto livre, não me chega e engana-me.
Que estou sempre só.
Que "infringir as leis" é reconfortante. Alimenta.
Que não passo de uma farsa.
E que tudo isto dói.



domingo, 30 de outubro de 2011


"Perdí-me dentro de mim
Porque eu era labirinto
E hoje, quando me sinto,
É com saudaddes de mim"

Mário de Sá Carneiro

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Ainda sobre o concerto dos Coldplay

Não gosto de visitar coliseus (sinto-me muito mal), nunca fui a uma tourada na vida, nem penso ir.
Praça de Touros???? Ok, são os Coldplay, não vou pensar nisso.
Se ir ao cinema é mau por estes lados (sim o Brad Pitt fala castelhano que é uma maravilha, ainda que com outra voz (!), um concerto é lindo (not). E eu sou tramada, porque não me passa nada despercebido, que posso fazer?
Só vos digo, ainda bem que os rapazes têm muitas músicas com lá, lá, lá...ohhhh,ohhhhhhhh, uhhhhh, uhhhhhh....
É que é a única letra que as criaturas sabem cantar.
Ah, à entrada deram-nos um lenço branco que não percebemos para que era.
Afinal foi-nos pedido pelo Chris Martin que o mantivéssemos na mão. O efeito foi realmente fantástico.
Parecía o adeus à virgem...mas em bom.

Imparável !!!


Noite de viagens




Divirtam-se!

Toledo Mágico

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Longe de casa com o Tejo aos pés.





Preparo-me para um fim de semana em Toledo, que se adivinha fantástico.
Desde o centro da cidade entre muralhas, o passeio nocturno pela rota dos Templários com direito a visitar grutas como " A Arca da Aliança" as "Grutas de Hércules" onde se ensinava a alquimia, magia e tal, até a uma visita guiada pelos lugares da inquisição.

Estou em pulgas!!

Bom fim de semana.
Que o sol dos dias vos acompanhe.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Um ditador a menos...e a seguir?

Não me congratulo com a morte de nenhum ser humano. Que o homem foi uma besta com olhos, é verdade. Mas com este grau de selvajaria e o calibre das atitudes, duvido que haja democracia que resista.
Infelizmente!

Quem com ferros mata com ferros morre...



domingo, 16 de outubro de 2011

Emptyness

"Quando a mente está a ponto de se extraviar, chega ao conhecimento do ser e do não ser. Por isso, só quando uma coisa chega ao seu limite, pode conhecer o regresso."
Lie-Tse

terça-feira, 11 de outubro de 2011

As marcas da vida deixadas no barro.




Três feiras depois e já que estou de férias, decidi hoje ir mais cedo para consultar o "Bruxo do barro". Deparei-me sempre com uma fila imensa e com a minha conhecida falta de paciência, nunca me apeteceu esperar. Tal como previsto, hoje tinha 3 pessoas à frente.
Adoro estas coisas. Acredito em muitas, deixo-me guiar por outras quantas.
Mas uma apreciação da minha personalidade através das marcas deixadas num bocado de barro que apertei, nunca tinha visto. Foi surpreendente, revelador pela verdade, toda a verdade que escondo de mim mesma. Incrível! Desde neurologia a psicología, intuição pura e dura falámos de tudo.
E vim para casa intranquila, o que acho óptimo. Trago "trabalhos de casa" que sei ter de fazer, que vou adiando...Mas tem mesmo de ser. Como diz no cartaz, passa também por acreditar mais em mim.

Trouxe o meu Corrupie. Está a secar ao sol.

sábado, 8 de outubro de 2011

"La loca de la Plaza"




"Te cuentan en Buenos Aires los jardineros con alma,
que a esa dulce viejuchita, que a la loca de la plaza,
le hicieron la plaza encima porque ella está allí sentada
desde mucho tiempo antes que a la plaza inauguraran.

El sol le entibia las manos con pañuelitos naranjas
y en sus párpados hay verjas y hay una luna cuadrada.
Por la noche le revuelven el corazón las estatuas
y su amor hace una suelta de nostalgia enamorada.

La loca tiene la boca llena de niebla y, si canta,
se suicida un organito dramático en su garganta
repitiendo y repitiendo un viejo nombre, a mansalva,
ese nombre que le deja fosforescente la cara.

Los caminitos placeros de lado a lado la pasan
y le pasean por dentro las pibas enamoradas,
entonces le queda toda la chifladura valseada
y baila con el recuerdo del que no vino a buscarla.

Por eso tiene en el pecho glorietas abandonadas
y hay un charquito tristongo que la ve, cada mañana,
enterrar su propia sombra en un destello del agua
dolida y cristianamente, como se entierra a una hermana.

Te cuentan, cuando se encurdan, los jardineros con alma
que por esa viejuchita se han puesto negras corbatas
porque hace mucho, esperando, se quedó muerta sentada,
pero nadie se lo ha dicho a la loca de la plaza."


Horacio Ferrer

Secrets





Olha, ganhei um presente  e um desafio da minha querida Ana http://anaeavida.blogspot.com/
As regras são :

1. Qual o segredo que tu guardas a sete-chaves para todos aqueles que te  conhecem?
Se tenho segredos??? Pensando bem, acho que não, porque há pelo menos 2 pessoas neste mundo que sabem tudo sobre mim. E depois, partilhar um segredo é delicioso e guardar um é ainda melhor. 
2. Se tivesses 48 horas de vida , o que tinhas obrigatoriamente de fazer?
Estar com os que amo ao pé do mar. Guardava alguns minutos para pessoas especiais que vejo pouco, mas a minha filha seria sem dúvida a minha prioridade. 
3. Passar este selinho a dois blogs.
A minha estrela maior
Coisas de feltro






quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Situações embaraçosas, sentido do ridículo e por aí fora.


Quem não passou já por situações no mínimo estranhas que se acuse. Desde a sala de espera do dentista em que o pessoal está todo de sorriso literalmente amarelo, à do psiquiatra em que fingimos que lemos uma revista enquanto pensamos se o gajo do lado tem uma faca no bolso e de repente avaria-se-lhe a mola, um espermograma por exemplo, (agora tem de encher o frasquinho) ou outras bem mais graves como acompanhar um doente oncológico a uma consulta que sabemos decisiva, fazer o sorriso 37 (sabe-se lá com que tomates) e dizer com cara de parva: Vai correr tudo bem!
Lembrei-me hoje da enfermaria onde estive quando nasceu a minha filha, 9 mulheres todas cozidas até às entranhas ( lembro-me de pedir ao médico que não cosesse tudo) e que todas as manhãs estavam de perna aberta, tudo ao ao léu para a visita do ginecologista. Lindo de se ver! E irmos todas para a mesa comer, mas ajoelhadas na cadeira, que isso de sentar, vai lá vai, mas que como é comum a todas, ok, a coisa banaliza-se e passa tudo, a vergonha o pudor.
E tantas coisas mais...
Isto a propósito de balneários de ginásios. Simplesmente deprimente. Traumatizei, hoje.
Habitualmente não ligo, estou-me nas tintas para quem se despe e veste, para quem toma banho ou nem por isso, se tenho celulite e...que horror, agora aquela mongas tá a olhar para mim...
Pois hoje dei comigo a analisar o fio dental, a tanga ou como lhe queiram chamar. Já algum tempo que tinha percebido que o gajedo anda todo de fio dental.
Nada contra, há rabos lindos onde um fio dental fica a matar, ou ocasiões especiais ou roupas que estão mesmo a pedir decrição etc.
Mas depois há os rabos flácidos (tapem-nos sim?) os tipo bolacha que não se sabe muito bem onde pôr a porra do fio e as bundas em que se calhar era melhor nem pôr nada mesmo, porque simplesmente desaparece.
E como dizem por aqui:
"En el culo, lo justito"
E como costumo dizer eu: converseta de ir ao c*!!!!

Não ando bem, eu sei.

Único Mia Couto




"PARA TI

Foi para ti
que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
...
toquei no nada
e para ti foi tudo


Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que talhei
o sabor do sempre


Para ti dei voz
às minhas mãos
abri os gomos do tempo
assaltei o mundo
e pensei que tudo estava em nós
nesse doce engano
de tudo sermos donos
sem nada termos
simplesmente porque era de noite
e não dormíamos
eu descia em teu peito
para me procurar
e antes que a escuridão
nos cingisse a cintura
ficávamos nos olhos
vivendo de um só olhar
amando de uma só vida"


Mia Couto in “Raiz de Orvalho & Outros Poemas”

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Rainha ou rameira?





Aproxima-se a minha festa de eleição por estes lados, a Feira Medieval. Cinco dias maravilhosos, para os quais já pedi férias. As ruas tranformam-se, os cheiros a especiarias, chás, crepes de chocolate, as barraquinhas de velharias, os bruxos, os doces. Com sorte até o Quixote aparece acompanhado do seu amigo Sancho.
Estou tentada a alugar um traje a condizer e passear assim pela cidade.
Mas assalta-me a dúvida: Rainha, rameira, bruxa, camponesa...... fico bem em qualquer papel...
Eheheheh!!

Marcas



 
 
"Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam, mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre."


Cecília Meireles

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Introspectiva





"LOST: Yesterday, somewhere between sunrise and sunset, two golden hours, each set with sixty diamond minutes. No reward is offered, for they are gone forever."
~Horace Mann

sábado, 1 de outubro de 2011

I'll be waiting


3 palavras:

A DO RO!!



Hold me closer one more time,
Say that you love me in your last goodbye,
Please forgive me for my sins,
Yes, I swam dirty waters,
But you pushed me in,
I've seen your face under every sky,
Over every border and on every line,
You know my heart more than I do,
We were the greatest, me and you,

But we had time against us,
And miles between us,
The heavens cried,
I know I left you speechless,
But now the sky has cleared and it's blue,
And I see my future in you,

I'll be waiting for you when you're ready to love me again,
I put my hands up,
I'll do everything different,
I'll be better to you,
I'll be waiting for you when you're ready to love me again,
I put my hands up,
I'll be somebody different,
I'll be better to you,

Let me stay here for just one more night,
Build your world around me,
And pull me to the light,
So I can tell you that I was wrong,
I was a child then, but now I'm willing to learn,

But we had time against us,
And miles between us,
The heavens cried,

I know I left you speechless,
But now the sky has cleared and it's blue,
And I see my future in you,

I'll be waiting for you when you're ready to love me again,
I put my hands up,
I'll do everything different,
I'll be better to you,
I'll be waiting for you when you're ready to love me again,
I put my hands up,
I'll be somebody different,
I'll be better to you,

Time against us,
Miles between us,
Heavens cried,
I know I left you speechless,
Time against us,
Miles between us,
Heavens cried,
I know I left you speechless,
I know I left you speechless,
I'll be waiting,

I'll be waiting for you when you're ready to love me again,
I put my hands up,
I'll do everything different,
I'll be better to you,
I'll be waiting for you when you're ready to love me again,
I put my hands up,
I'll be somebody different,
I'll be better to you.

Music







Run away