Número total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Ilusões, uma faca de dois gumes.

Embora tenha este filme, evito vê-lo. Lembro-me que no cinema chorei tanto que saí quase cega, com dor de cabeça. Este sábado passou na TV e fui ficando...Asneira!!

Faz-me lembrar daquilo que quero esquecer: que não sou livre!
Que as minhas ilusões, as castro à nascença. E que vivo noutras...pobre de mim.
Que por muito que o meu pensamento seja de facto livre, não me chega e engana-me.
Que estou sempre só.
Que "infringir as leis" é reconfortante. Alimenta.
Que não passo de uma farsa.
E que tudo isto dói.



2 comentários:

Coisas de Feltro disse...

Parecia que me estavas a descrever...
que dizer mais?...
Beijo do tamanho do mundo.

Luísa Lopes disse...

Beijossss!