Número total de visualizações de página

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Dar cor ao Natal

 
 


Já não se pensa em mais nada senão no Natal, enquanto eu começo a minha luta para fazer o contrário; não pensar.
Faço-vos um apelo. Estampem um sorriso num rosto de uma criança, para quem a magia ainda tem lugar. Para eles que ainda se permitem sonhar.
Procurem uma instituição, qualquer forma de encher uma alma.
Este ano chamaram-me a atenção para um projecto e deixo-vos a sugestão:

Os Anjinhos de Natal são uma iniciativa do
The Salvation Army // Exército de Salvação PORTUGAL.
Descrição
Os anjinhos são crianças desfavorecidas, às quais o Exército de Salvação, com a nossa participação e de colaboradores de muitas outras empresas ajudam a ter um Natal mais alegre. As crianças mais carenciadas são seleccionadas pelo Exército de Salvação, que faz a pesquisa no terreno junto das famílias mais necessitadas.
Depois de seleccionados os nomes e idades das crianças são colocados num cartão...
com o pedido da prenda.

O anjinho é o cartão onde vem mencionado o nome, a idade e o presente da criança em causa; um brinquedo e um fato de treino para a idade. Todos os anjinhos correspondem a uma criança específica, por esse motivo em todos os presentes deve ser colocado o número correspondente à criança, este número vem mencionado no cartão-anjinho.

Quem quiser contribuir pode solicitar o número de anjinhos que pretende através do mail: anjinhos.de.natal@gmail.com. Será enviada toda a informação do anjinho o mais rápido possível.

Estes pedidos devem ser feitos no máximo até dia 15 de Novembro e a data de recepção dos presentes deverá ser até dia 30 de Novembro. Os presentes deverão, preferencialmente, ser entregues em caixas identificadas por fora com o nº do anjinho bem visível e enviadas por correio ou entregues directamente nos Centros do Exército de Salvação.

Lisboa: (Centro Comunitário Central)-Rua Escola do Exército nº 11-B, 1150-143 Lisboa

Porto: (Centro Comunitário do Porto)-Avenida Vasco da Gama, 645 Lj 1-2 Ramalde 4100-491-Porto
 
Valerá certamente a pena.
 
 

 

Sem comentários: