Número total de visualizações de página

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Isto está-se a acabar







Os dias têm estado maravilhosos à excepção de hoje que esteve nublado mas sem chuva. Essa acordou-me durante a noite, com um ruído ensurdecedor. Custou-me  voltar a pegar no sono, porque as chuvas de Agosto deixam-me sempre maravilhada. Os cheiros desta manhã eram muito mais intensos.
Portanto aqui fiquei por casa, entre leituras, facebook, um pequeno passeio à tarde às ruínas romanas de Tróia, entre pinheiros mansos, eucaliptos, mar e rio. Um manjar dos deuses para os sentidos. Gosto destas merdas, que hei-de fazer?
A "realeza" já foi à vidinha dela graças aos deuses, mas fiquei com a sensação dos dias contados, de prisioneiro condenado à morte. Falta muito pouco para ter de me meter no carro e rumar a Madrid. É assim como o síndrome de domingo à noite. Dói-me o estômago. Dá-me náuseas.
Já equacionei ficar por cá sozinha mais uma semana, mas estava a sonhar. Sim, porque para variar fico sempre para último lugar nas prioridades.
Bem na verdade vou ver se não azedo os dias que faltam, que já começo a não suportar a minha presença.
Amanhã vou ver o Brave (estou danadinha) o que implica menos um dia de droga da boa (praia) mas na excelente companhia da Coelha, num Centro Comercial perto de mim. Implica algumas asneiras como fast food, gelados e tal.
Mas ainda vou estudar uma maneira de voltar depressa, macacos me mordam

Sem comentários: