Número total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Cemitério de girassóis. Como os admiro!


Já não procuram o sol. Conformados com o destino, olham agora para o chão, para a terra mãe e sábia, o fim inevitável. Ou será o princípio?
Tenho tanto que aprender com eles...

Cemitério de girassóis

Sem comentários: